Perfeição na Internet

 
A vida é um jogo sem fim


 Redes sociais sempre me deixaram dividida. Por um lado, lá no fundinho, sempre gostei de postar coisas para me sentir validada. Likes e comentários trazem essa sensação: aprovação. O mundo se tornou um looping sem fim de posts e mais posts e tudo gira em torno de superficialidades que no fundo não nos mudam em nada.
  Um tempo atrás estava lembrando de quando eu não acessava mídias sociais:  nada realmente diferia  minha vida e dos meus amigos que as acessavam. Eu continuava vivendo e ainda conseguia ser bem produtiva e aprender tanta coisa. 
  Parece que no Instagram todo mundo é feliz. Tem roupas incríveis, maquiagem e estão sempre em busca de mais. De tanto ver celebridades ricas e bonitas em telas, dá aquela vontade de apenas se tornar elas. A questão que a gente não conversa sobre é que não necessariamente elas sejam felizes. 
  Mesmo ricas, cheias de presentes e coisas de marca, elas simplesmente podem não se sentirem validadas o suficiente. Por isso sempre mais e mais posts propagando uma vida perfeita que elas apenas não tem (e nunca vão ter). Sabe por que? Somos humanos. Falhamos, acertamos, ficamos tristes, felizes. 
  E algo que me irrita é mostrarmos só um lado. Na internet todo mundo é tão feliz e perfeito. Parecem reflexos da vida que queríamos ter, e não que de fato temos. Se fosse basear meus amigos na internet, eles seriam sempre perfeitos, maquiados e só viveriam em dias de céus azuis. Porque literalmente até as fotos de céu tem granulação e saturação tão alta que meus olhos se perdem. Tudo bem o céu ser cinza as vezes. 
  Vi que tudo estava me afetando. Percebi que tenho buscado aprovação de pessoas que de fato não precisavam me aprovar. Mais seguidores, mais likes, mais posts de sucesso. Mas a real é que nada disso importa. A única coisa que de fato é relevante é minha saúde mental, e se ela se manter a salvo, estarei mais que preenchida.







  1. Adorei o Jogo da Vida pra ilustrar! Concordo contigo. Eu adoro as redes sociais, logo que surgiram eu era bem resistente. Hoje em dia não vivo sem, mas não deixo elas me influenciarem demais também.

    Boa semana!
    tipsnconfessions.blogspot.com
    instagram.com/raquel_tips

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem isso mesmo haha <3 Fico feliz que gostou Raquel!

      Excluir
  2. Falou tudo! Devemos estar bem com a gente mesmo.

    Bom fim de semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  3. Concordo com tudo que você disse, há algum tempo eu precisei ficar longe das redes sociais para manter a minha saúde mental, e foi muito bom.

    ResponderExcluir