26 de out. de 2019

Eu li! - O Inverno Vermelho - Resenha

 Eu tive o prazer e a incrível conhecidencia de iniciar a leitura na data do meu aniversário, o que foi extremamente gratificamente, já que a considero uma leitura bastante proveitosa e encantadora.



No início da leitura havia ficado meio confusa pela grande quantidade de personagens, nomes e pela complexidade apresentada pela obra, mas conforme foram passaram-se as páginas, me situei melhor, e mergulhei em um  universo completamente novo.
 No meio de um animado festival (nomeado Estroba), uma flecha propondo Lagracia para uma guerra surgiu, então, esse foi considerado o início do fim aos Telmeder. 
 Ataques começaram a interromper todas as direções com lembranças de uma tal Amazona Dourada. É aí que o gazado começa a cair violentamente e o líderes são feridos e mortos.  Então, Fisor, Flagui, Irion e Jeon decidem partir em uma viagem em busca de solução, o que ocasiona em lutas, lugares fabulosos e vista de seres encantadores.
Confesso que a capa me chamou bastante atenção, junto ao contraste de tons escuros e uma fonte muito bonita (infelizmente a minha veio um pouco desbotada, mas foi devido a impressão da edição). Foi a primeira vez que tive a oportunidade de ler algo da Editora Selo. Conforme passava as páginas, me deparei  com lindas ilustrações (muito mesmo! Inclusive, se houvessem pôsteres eu com certeza compraria), que incluíam o mapa do Sul da Regiônica entre as primeiras páginas antes do prólogo e uma do Norte após o epílogo.
 Os personagens principais são encantadores e o bom humor presente em pequenos detalhes é algo que chama a atenção. Os nomes são de fato bem pensados: Irion Corel, Fisor, Gorer, Gária...  Ah, não podia esquecer de Súria, uma personagem em que minhas expectativas foram da água para o vinho, sem muitos detalhes. 
 Inclusive,  a falta de uma maior quantidade de personagens femininos como coadjuvantes bateu em alguns momentos, mas é compreensível pela "vibe" da história, além de que isso não interferiu em nada, já que a forma que a construção foi realizada os deixaram muito interessantes e deu a capacidade de criar mentalmente a personalidade de cada um.
  O Inverno Vermelho é uma obra recheada de reviravoltas e momentos inesperados, junto a uma enorme quantidade de detalhes. É com certeza riquíssima e surpreendente, perfeita aos amantes de livros de fantasia. 

 ðŸ’–💖💖💖💕 (4.5/5)

Eu não sei se poderia deixar isso aqui ou se é considerado spoiler, mas o final é revigorante. Muito, muito inesperado. E um epílogo que acaba com as pontas soltas e deixa claro um laço muito bonito entre os personagens. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu fiz esta postagem com muito amor e carinho, e gostaria muito que dividisse sua opinião, mas tenha bom senso! pelo menos leia o post. Clique na opção "Notifique-me" para saber quanto te responder! ♥

Copyright © 2016 Simplesmente Criativa , Blogger