7 de fev de 2018

A Real Monotonia das Festas de Aniversários Infantis




É muito estranho perceber que  o tempo passou e os papeis se invertem. Em uma ida para um aniversário infantil, simplesmente observei e vi o quanto o tempo muda as pessoas. Simples assim.
 Alguns anos atrás festas de aniversario infantil era sinônimo de diversão extrema, aqueles doces me deixavam ansiosa e os brinquedos me animavam. Com o tempo, a monótonia nos cai, e realmente acabei percebendo tudo o que sempre acontece.
 Os pais tentando fazer uma memória para os álbuns de fotografia para tentar evitar que o tempo passe (ditos digitais nos dias de hoje), os parentes após  se comprimentarem, ficam em sua maioria sentados olhando uns aos outros e em um silêncio inigualável com a exessão das músicas da xuxa e dos gritos ensurdecedores de alegria das crianças (outrora acabam surgindo o assunto dos filhos diante aos pais, sobre o clima ou acontecimentos passados com os mesmos).
 Aquelas musicas passam a não  fazerem sentido, e se fazem, se surge uma longa reflexão sobre entreterimento infantil e como letras como essas fazem sucesso (suponho que isto ocorra apenas na minha cabeça).
 Os questionamentos de porque de tais comidas serem tão gordurosas começam a surgir. Salgadinhos, refrigerante, doces, sanduíches em alguns casos até algodão doce.
 Enquanto analiso essa situação na minha cabeça, me pergunto como os papéis mudaram ao longo desses escassos anos. Tudo continua sempre igual, mas sabe, na memória tudo é tão diferente. É estranho pensar que um tempo atrás era uma visão diferente de uma mesma situação  vivenciada hoje. Os brinquedos já não  me suportam e a idade já não me cabe. Uma dolorosa verdade que deveria ser posta á tona.

10 comentários:

  1. muita gente realmente nao gosto mt de fazer aniversario, bem melancólico seu texto.. eu ainda procuro aproveitar a data pra comemorar e me divertir

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Olá Thayyyy
    Guria mandou super bem no texto!
    Conforme fui lendo e acompanhando as mudanças é como se vc estivesse falando de mim rsrs
    É bem verdade que nunca fui muito chegada em festinhas infantis, mas agora fico questionando que ir a uma é mera obrigação. E ainda por cima, chata. Daquelas que se pudesse passava pra outra pessoa.
    Excelente fds pra ti flor
    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigadaa Luli! Fico muito feliz que tenha gostado e se identificado 💕 Beijão e oa semana pra você!

      Excluir
  3. Acho que as festas são todas iguais mesmo. E esse sentimento de "estou velha pra isso" ou "eu adorava aquilo" me pegam em todos os aniversários ! Adorei a postagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Natasha! Fico muito feliz que tenha gostado. É realmente muito isso, né? Quem sabe um dia as coisas se tornem diferentes.

      Excluir
  4. Fico um pouco desconfortável quando não tem alguém para conversar nessas festas, mas na real, sempre adorei, me sinto contagiada com a energia das crianças e quase sempre brinco com elas, sem falar na comida que é o segundo principal motivo da minha presença ( além do aniversariante né). Ás vezes me pego pensando sobre como já estou velha, e como cresci, mas tento aproveitar o máximo possível desses momentos, porque cada um deles é único.
    Muito bom o seu texto e me identifiquei com algumas partes.
    xoxo

    Na Land =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei como é hahah <3 Mas realmente, brincar com as crianças é tudo de bom, e são mesmo contagiantess! Muito obrigada, fico feliz que tenha gostado do texto. Beijãoo 💕

      Excluir
  5. Ei Thay! Amei ler seu texto e ter uma perspectiva diferente dos aniversários infantis. Eu, ao contrário de você, amo esse tipo de festa até hoje. Troco facilmente uma festa de adulto por uma de criança haha a comida é meu ponto fraco. Acho que é porque ainda tenho paladar infantil rsrs
    Mas sua reflexão foi muito pertinente. O tempo passa e nossos gostos mudam. Parabéns pelo texto!
    Beijos!
    Tamara
    tamaravilhosamente.com

    ResponderExcluir
  6. Oii, Tamara! Fiico feliz que tenha gostado. Eu não odeio não hahah, só entrei em uma reflexão como é uma situação repetitiva em que todos passamos em algum momento da vida. Beijão 💕

    ResponderExcluir

Eu fiz esta postagem com muito amor e carinho, e gostaria muito que dividisse sua opinião, mas tenha bom senso! pelo menos leia o post. Clique na opção "Notifique-me" para saber quanto te responder! ♥