1 de jun. de 2019

O que tem em Cartaz (6/2019)? Aladdin, Kardec, Ugly...

O que tem em Cartaz (6/2019)? Aladdin, Kardec, Ugly...
 Oii, gente! Quem está vivo sempre aparece, não é mesmo? Embora tenha estada um pouco distante do blog (estarei até julho, na verdade - depois explico o motivo com calma), decidi passar aqui para indicar e falar um pouco dos filmes íncriveis que estão em cartaz que eu assisti. Espero muito que gostem do post. :)


 Ultimato

 Se esse não participasse da lista, estaria errado, já que em pouco tempo quase se tornou uma das maiores bilheterias do mundo (uau!), e basicamente todo mundo saiu sorrindo ou chorando da sala de cinema. Como eu vi na pré estreia foi um pouco engraçado ver tanta gente de cosplay e uma sala de cinema com tantos gritos (me incluo em partes nesse grupo, talvez) e o que tenho para dizer é que foi um fechamento de ciclo épico. 
  Sobre o filme em si: o ínicio não de agradou e achei o roteiro um pouco "chué", já que, do meu ponto de vista, optaram desesperadamente por um roteiro que encaixasse todo mundo, o que acabou deixando umas falhinhas, fora isso, foi íncrivel. MUITO.




 UglyDolls
  Olha, não tinha nada em cartaz para ver e acabei optando por Ugly (a classificação indicativa é 6 anos galera). Então por ter sido feito para o público mais novo, é bem infantil em relação ao cenário, falas e tal. Embora eu possa afirmar que é um dos filmes mais importantes que já vi. Trata de temas muito importantes de forma leve, como obsessão pela perfeição e uma vida superficial apenas para se encaixar nos padrões sociais. Achei bem complexo.





Kardec
 Um filme inspirado em fatos reais que se passa no século XX na França, que conta de forma inspiradora a história de Alan Kardec. Um filme muito bem produzido e íncrivel dentro do cinema brasileiro. É um dos filmes do espiritismo mais legais que já assisti.




Aladdin
  Eu gritei, chorei, cantei. Confesso estar amando essa "onda" de live-action que a Disney está tendo. Sou suspeita para falar, já que, eu já vi o  versão de desenho tantas vezes que não consigo contar. O passaro Ihaggo poderia ter aparecido mais e Jafar poderia ter tido um ar mais iconico e que não se baseasse tanto na inveja nitida o tempo todo. As músicas ficaram muito boas (em todas as línguas), qualidade e cenário também. Um amorzinho.





  Foram esses os filmes que andei vendo! Já viram algum deles? Se sim, o que acharam? Espero que tenham gostado do post (estava sentido saudade de dar um "aló" por aqui.
 Beijão!


Copyright © 2016 Simplesmente Criativa , Blogger