Poema de uma Tarde Melancólica

 


As vezes as palavras me intimidam

Não que me tragam medo
É só que são rodeadas de segredo
Presente nas entrelinhas do olhar

Da graça do viver
Me torno focada
A ponto de querer crescer
E feliz ficar

As palavras que não possuem sentido
Ficam cheias de ruído
Em uma mente sem razão
E a vida só preenche

Os dias da gente
Ao criar lágrimas
Não por triste estar
E sim pelo coração 

 Que falta me faz

A alegria de estar presente
Não que eu me ausente
Só que me cansa a alma

A falta de calma
Que enche o peito de ar
E que ainda assim me encanta
Como a vida é uma dança

Mas escolho parada ficar
Não que seja ruim
As vezes só não me preenche
Estar rodeada de gente
E a mente vazia estar

2 Comentários

Eu fiz esta postagem com muito amor e carinho, e gostaria muito que dividisse sua opinião, mas tenha bom senso! pelo menos leia o post. Clique na opção "Notifique-me" para saber quanto te responder! ♥

Postar um comentário

@thayline.jpg